SPORT CLUB DO RECIFE

SPORT CLUB DO RECIFE

Títulos Campeão Brasileiro de Futebol da 1a Divisão - 1987. Campeão da Copa do Brasil de 2008. Campeão Brasileiro de Futebol da 2a Divisão - 1990. Tri-campeão de Futebol Profissional da Copa Nordeste - 1994, 2000 e 2014. Campeão do Torneio Norte e Nordeste - 1968.Estaduais 40 vezes Campeão Pernambucano de Futebol Profissional 1916, 1917, 1920, 1923, 1924, 1925, 1928, 1938, 1941, 1942, 1943, 1948, 1949, 1953, 1955, 1956, 1958, 1961, 1962, 1975, 1977, 1980, 1981, 1982, 1988, 1991, 1992, 1994, 1996, 1997, 1998, 1999, 2000, 2003, 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010, 2014 4 vezes Campeão Invicto - 1917, 1941, 1998 e 2009. 1 Supercampeonato - 1981 5 vezes Bicampeão - 1916-17, 1948-49, 1955-56, 1961-62, 1991-92 3 vezes Tricampeão - 1923-25, 1941-43, 1980-82 2 Pentacampeonatos - 2000 e 2010Estaduais O maior campeão do século XX. O que mais ganhou títulos em uma década.

domingo, 27 de janeiro de 2013

Com rodada dupla, Castelão volta a receber futebol após modernização

 
Arena Castelão foi entregue em dezembro de 2012
(Foto: Glauber Queiroz / ME)

Público verá Fortaleza x Sport e Ceará x Bahia pela Copa do Nordeste. Estádio é o maior da Região para Copa do Mundo e das Confederações.

Depois de quase um ano e dez meses a bola volta a rolar no gramado do Castelão. É bem verdade que agora é um outro estádio. Virou Arena Castelão, se modernizou e ganhou destaque por ser o primeiro a ser entregue para receber jogos da Copa das Confederações, este ano, e a Copa do Mundo, em 2014.

Por ora, no entanto, os jogos são com adversários locais. Os principais times do estado - Fortaleza e Ceará - terão a missão de inaugurar as instalações da Arena, neste domingo, em rodada dupla da Copa do Nordeste. Primeiro, às 16h (horário local), o Leão recebe o Sport. Em seguida, às 18h30m (horário local), é a vez do Vovô enfrentar o Bahia. As duas partidas terão transmissão em Tempo Real do GLOBOESPORTE.COM.
Esquema especial para inauguração

Um clima de tensão foi criado pelas torcidas organizadas de Ceará e Fortaleza semanas antes do jogo, quando o governo do estado sugeriu que todos os torcedores ficassem misturados. Alegando que não teriam como se responsabilizar pelas atitudes de todos seus membros, as organizadas dos dois clubes decidiram não ir ao jogo. Na última semana, o governo voltou atrás e decidiu separar as torcidas no Castelão.

- Houve um entendimento dos clubes com a operadora do estádio que fizesse isso por setor, até você ter a totalidade do estádio. Que isso não fosse aplicado logo em 100%, porque você tem ainda alguns ajustes a serem feitos, como os sócios-torcedores. E porque é muito complicado você aplicar imediatamente em 100% do estadio. A área especial e a premium essas serão com assentos marcados. É um projeto piloto para chegar a totalidade do estádio - explicou Ferruccio Feitosa, secretário especial da Copa no Ceará.

A Arena Castelão foi dividida em quatro setores aos quais os torcedores poderão adquirir ingressos. Para essa rodada dupla, 55 mil ingressos foram colocados à disposição, sendo 31 mil para cadeiras superiores, 16 mil para inferiores, 3,9 mil para cadeiras especiais e 4,1 mil para assentos premium.

Castelão, Dezembro (Foto: Glauber Queiroz / ME) 
Arena por dentro: púbico esperado é de 55 mil pessoas (Foto: Glauber Queiroz / ME)
 
Mil homens da Polícia Militar do Ceará farão a segurança na reabertura oficial do Castelão. O número de policiais militares é semelhante ao utilizado para garantir a segurança no Aterro da Praia de Iracema durante a festa de Réveillon em Fortaleza, que recebe em média um milhão de pessoas.

Além dos mil homens da PM, 80 guardas municipais e 110 agentes da Autarquia Municipal de Trânsito de Fortaleza compõem o esquema de segurança das partidas. Uma frota de 116 ônibus, sendo 50 deles extras, estarão disponíveis para facilitar o acesso dos torcedores à Arena Castelão.

Deslocamento das torcidas

A ideia da PM é de que as torcidas de Ceará e Fortaleza não se encontrem na chegada e saída da Arena. Haverá também espaços reservados aos torcedores de Bahia e Sport. Os torcedores do Ceará, bem como os do Sport, entrarão na Arena pela avenida Alberto Craveiro (dos portões 'K' ao 'Q'), enquanto as torcidas de Fortaleza e Bahia terão acesso pelo outro lado, na avenida Paulino Rocha (dos portões 'B' ao 'I').

Os sócios-torcedores dos dois clubes terão acesso pelas entradas de acordo com o pacote ao qual estão vinculados nos programas de fidelidade. Todos os ingressos darão direito a acompanhar as duas partidas.

Dilma acompanha mensagem do presidente da Fifa, na inauguração do Castelão (Foto: Diego Morais/Globoesporte.com) 
Dilma acompanha mensagem do presidente da Fifa,
na inauguração do Castelão (Foto: Diego Morais)
 
Quarta grande inauguração

Inaugurado em 1973, com um Clássico-Rei, o Castelão passou por grandes reformas durante sua história. Além da grande festa em 1973, outra manifestação popular marcante foi em 1980, quando o Papa João Paulo II esteve em Fortaleza. Nesta ocasião, foram entregues as arquibancadas inferiores e o estádio recebeu o maior público de sua histórias: 120 mil pessoas.

Em 2002, passou por uma série de modernizações, incluindo a instalação de cobertas. O Castelão recebeu a Seleção Brasileira, em amistoso contra a Iugoslávia. O time de Felipão venceu por 1 a 0 e ganhou mais confiança para disputar a Copa do Mundo e se sagrar campeão naquele mesmo ano.

No Castelão, por sinal, foram sete partidas disputadas pela Seleção Brasileira, em um espaço de 22 anos. No total, o Brasil acumula seis vitórias e apenas uma derrota jogando em Fortaleza.

Em dezembro do ano passado, uma cerimônia, com a presença da presidente Dilma Rousseff marcou a entrega oficial do novo estádio.

- Nós inauguramos esse estádio num momento especial. Momento de sorte e de vitória. Pois o Corinthians se sagra campeão mundial. Isso mostra que somos capazes de ganhar dentro e fora do jogo no campo - discursou a presidente naquela ocasião.

Na rota dos grandes jogos

A Arena Castelão está na rota de grandes jogos previstos para serem disputados durante a Copa das Confederações, em 2013, e Copa do Mundo, em 2014. Com capacidade para 63 mil torcedores, é o maior da região Nordeste para as competições internacionais.

As obras foram iniciadas em dezembro de 2010 e tiveram investimento total de R$ 518,6mi. A Arena receberá três jogos da Copa das Confederações, sendo um do Brasil, um da Espanha, além de uma partida semifinal. Na Copa do Mundo de 2014, são seis jogos, com a possibilidade de receber a Seleção Brasileira duas vezes.

Por Diego Morais Fortaleza, CE - GLOBOESPORTE.

Um comentário:

Portal Recife disse...

Parabéns muito bom o blog! Precisando de algo pode entrar em contato www.recifeportal.com